FANDOM


Cry Baby
Capa de Cry Baby
Álbum de estúdio de Melanie Martinez
Lançamento 14 de agosto de 2015
Gravação 2013–15
Duração 46:43 (normal)
57:09 (deluxe)
Idioma Inglês
Formato(s) CD, download digital
Gravadora(s) Atlantic Records
Produção Kinetics & One Love, Christopher J. Baran, Kara DioGuardi, Kyle Shearer, Daniel Weber, SmarterChild, Michael Leary, Michael Keenan, Babydaddy, Michael Miller, Frequency, Aalias
Singles de Cry Baby
1. Pity Party
Lançado em 2 de junho de 2015
2. Soap
Lançado em 10 de julho de 2015
3. Sippy Cup
Lançado em 10 de julho de 2015

Cry Baby é o álbum de estreia da artista musical estadunidense Melanie Martinez. O seu lançamento ocorreu em 14 de agosto de 2015, através da Atlantic Records.

Composição Editar

Cry Baby tem letras contando histórias em cada faixa e é conceitual, algo que não esteve em Dollhouse, primeiro trabalho de Melanie. A cantora descreveu o projeto como sendo "uma maneira de superar minhas inseguranças em muitas áreas da minha vida". A cantora afirmou que o disco fala sobre a vida de Cry Baby, uma personagem a qual a mesma inventou e descreveu como "vulnerável, insegura e muito emocional no início da história e como ela experimenta coisas diferentes, ela começa a crescer como pessoa e aprender com suas experiências".

A faixa de abertura auto-intitulada do álbum, Cry Baby, possui instrumentação fundida de choros e risadas de bebês reais. A canção é sobre pessoas, incluindo Melanie, que são extremamente sensíveis e tendem a ser desencadeadas facilmente, o que, consequentemente, termina em lágrimas.

Segunda faixa do álbum, e primeiro single do EP de mesmo nome, Dollhouse é sobre uma família que parece ser perfeita olhando para fora, ainda que esteja longe disso, bem como as letras dizem: "Ninguém nunca ouve / O papel de parede brilha / Não deixe que eles vejam o que acontece na cozinha".

A continuação do clipe da faixa é Sippy Cup, terceira canção do álbum, o qual se descobre o que realmente acontece na cozinha.

Quarta música do álbum e segundo single do EP Dollhouse, Carousel é uma canção que fala sobre estar perseguindo alguém que nunca vai retribuir o seu amor. Em entrevista a Billboard, Martinez disse que a canção "é sobre eu estar apaixonada por alguém e estar vivendo tudo de novo".

A quinta faixa, Alphabet Boy, tem um tema adulto utilizando temas infantis como uma metáfora, como na parte "Sempre mirando aviões de papel em mim quando você está por perto". Neste caso, existem brinquedos associados com crianças pequenas, tais como aviões de papel.

Soap, descrita por Martinez como a qual "ninguém pode realmente se relacionar", fala sobre pessoas que se sentiram muito medo de dizer como se sentiam, assim, "lavaram sua boca com sabão".

A balada Training Wheels, sétima faixa de Cry Baby, foi resenhada para o Portal It Pop! como "a entrega do relacionamento, e como nos privamos de coisas em favor a relação, o que inevitavelmente nos deixa vulneráveis".

Pity Party, uma faixa descrita por Martinez como "mais pop" e composta por Christopher J. Baran e Kara DioGuardi, foi o primeiro single do álbum. Segundo Martinez, a inspiração para fazer a letra da faixa foi a concepção de "ninguém aparecer para minha festa de aniversário".

Tag, You're It, outra faixa pop, fala sobre abuso e pedofilia. O mesmo site que resenhou Training Wheels, disse que as letras da música são "pesadas" e também que "ela deixa tudo estranho quando canta de forma quase transtornada".

A décima faixa do disco, Milk and Cookies, é uma continuação da nona faixa.

Pacify Her conta como ela rouba o namorado de uma garota que ela odeia, afirmando nos versos: "Garoto cansado anda pelo meu caminho / Segurando a mão de uma garota / Aquela vadia básica finalmente vai embora / Agora eu posso tomar o homem dela".

Mrs. Potato Head tem como questão a cirurgia plástica, e como você pode se arrepender tentando se fazer em algo que não é. Martinez falou que a inspiração para a escrita foi bonecos, dizendo que "por um longo tempo, todo o visual que eu tinha em minha cabeça era o fato de que você pode puxar peças da face dos brinquedos, e que poderia representar a cirurgia plástica".

Última faixa da edição padrão, Mad Hatter tem o assunto sendo sobre a personagem Cry Baby "abraçar sua loucura ao invés de questioná-la".

Primeira faixa da edição deluxe, Play Date fala sobre a arquétipa Cry Baby se sentindo como nada mais do que um amigo para alguém que parece se importar muito pouco com ela, mesmo que eles se reúnam com bastante frequência. A canção tem uma metáfora sexual, como nos primeiros versos "Estamos apenas brincando de pique-esconde / Está ficando difícil de respirar embaixo dos lençóis com você".

Melanie mencionou Teddy Bear em uma entrevista, sendo sobre um urso de pelúcia tentando matar Cry Baby.

Última faixa da deluxe, Cake tem o assunto sendo uma relação entre alimentos doces e a relação sexual, respectivamente.

Lançamento e divulgação Editar

Em 29 de maio de 2015, o vídeo musical do primeiro single do produto foi acidentalmente publicado no YouTube por Martinez. A artista, posteriormente, anunciou que iria fazer uma livestream, para divulgar oficialmente a canção, no Periscope.

No começo de julho de 2015, afirmou que estava trabalhando com a produtora musical Kara DioGuardi e divulgou as primeiras datas da turnê Cry Baby Tour, que se concentrou na divulgação de Cry Baby, e que teve datas confirmadas entre 26 de agosto de 2015 e 29 de novembro de 2015, passando pelos Estados Unidos, Canadá e Brasil.

Em 16 de julho de 2015, a intérprete divulgou a capa do álbum, a qual a Idolator julgou a melhor capa do ano de 2015 e a lista de faixas.

Em 25 de julho de 2015, pouco antes do lançamento do álbum e para a experiência visual, Melanie colocou em seu site um livro, o qual contém imagens da personagem Cry Baby, que Martinez incorporou no álbum. Estas imagens indicam cada faixa do álbum, em ordem de número; as imagens também existem no encarte do álbum.

  • "Ela era a garota mais triste. Lágrimas salgadas escorrem pelo seu rosto. Seu coração é maior do que seu corpo. O nome dela é Cry Baby."
  • "E em sua casa perfeita, mamãe está bêbada enquanto papai geme. Seu irmão sempre chegava em casa drogado. Ela os assiste sozinha em seu quarto."
  • "Ela observa sua mãe tomar uma bebida em um copinho cor-de-rosa. Você nunca imaginaria que, por conta disso, ela desmaiaria embaixo da pia."
  • "Foi no parque de diversões que ela se apaixonou pela primeira vez, em cima de um carrossel, girando e girando num inferno cruel. Ela nunca chegaria até seu amado."

Mesmo com Cry Baby não recebendo qualquer tipo de divulgação em televisões dos Estados Unidos, ela fez uma aparição no site do Perez Hilton, apresentando Pity Party com uma guitarra elétrica, no dia do lançamento do álbum.

Em 12 de agosto de 2015, Martinez divulgou o álbum inteiro na edição padrão, em sua conta oficial do SoundCloud.

Singles Editar

Três singles foram lançados a partir do álbum. O primeiro, Pity Party, foi lançado em junho de 2015 e atingiu a 22ª posição como melhor na tabela musical Alternative Digital Songs, feita pela Billboard.

Soap foi lançada no mês seguinte como o segundo foco de promoção e alcançou a 12ª colocação do periódico supracitado, entrando também na Pop Digital Songs.

Seguiu-se Sippy Cup, que também registrou entrada na Alternative Digital Songs, onde conquistou o 18º posto como melhor.

Lista de faixas Editar

A lista de faixas do álbum foi divulgada em 16 de julho de 2015. A edição padrão tem 13 faixas, enquanto a edição deluxe, que existe apenas em download digital no iTunes, contém mais três faixas bônus.

N.º TítuloCompositor(es) Duração
1. "Cry Baby"  Melanie Martinez, Jeremy Dussolliet, Tim Sommers 3:59
2. "Dollhouse"  Martinez, Dussolliet, Sommers 3:51
3. "Sippy Cup"  Martinez, Dussolliet, Sommers 3:15
4. "Carousel"  Martinez, Dussolliet, Sommers 3:50
5. "Alphabet Boy"  Martinez, Dussolliet, Sommers 4:13
6. "Soap"  Martinez, Emily Warren, Kyle Shearer 3:29
7. "Training Wheels"  Martinez, Scott Hoffman 3:25
8. "Pity Party"  Martinez, Christopher J. Baran, Kara DioGuardi 3:24
9. "Tag, You're It"  Martinez, Scott Harris, Rick Markowitz 3:09
10. "Milk and Cookies"  Martinez, Dussolliet, Markowitz 3:26
11. "Pacify Her"  Martinez, Chloe Angelides, Leary 3:40
12. "Mrs. Potato Head"  Martinez, Dussolliet, Sommers 3:37
13. "Mad Hatter"  Martinez, Dussolliet, Bryan Fryzel, Aaron Kleinstub 3:21
14. "Play Date" (versão deluxe)Martinez, Jennifer Decilveo 2:59
15. "Teddy Bear" (versão deluxe)Martinez, Phoebe Ryan, Felix Snow 4:05
16. "Cake" (versão deluxe)Martinez, Baran, DioGuardi 3:19
Duração total:
57:09